Assembleia Nacional da França
Reprodução/Assembleia Nacional da França - 12.06.2022
Assembleia Nacional da França

A França vai às urnas neste domingo (12) para o primeiro turno das eleições legislativas, fundamentais para o governo do presidente Emmanuel Macron, e deve bater um recorde negativo de participação dos eleitores.

Conforme o último boletim do Ministério do Interior, às 17h (hora local), apenas 39,42% dos cidadãos aptos ao voto foram às urnas, número 1,3% menor do que o registrado no mesmo horário nas eleições de 2017.

Naquele ano, a afluência foi a pior da história. O dado aumentou na comparação com a contagem do meio-dia, quando o índice estava 0,8% menor do que em 2017. Os números ainda são mais baixos do que os registrados no primeiro turno das eleições presidenciais, realizadas no último 10 de abril.

Ao todo, são 48 milhões de franceses aptos a votar e, pela primeira vez, os partidos de esquerda se uniram em uma frente única - liderada por Jean-Luc Mélenchon - para tentar controlar o Parlamento. O político de 70 anos quase foi para o segundo turno das eleições presidenciais.

Já Macron reforçou a campanha para permitir que sua sigla, o República em Marcha, e partidos aliados mantenham o controle da casa.

O segundo turno do pleito está marcado para o próximo domingo.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários