Refugiados vindos da Ucrânia entram na Polônia pela fronteira de Medyka
Reprodução/ACNUR - 06.03.2022
Refugiados vindos da Ucrânia entram na Polônia pela fronteira de Medyka

Os Estados Unidos pretendem acolher até 100 mil ucranianos que fogem da guerra iniciada pela Rússia , informam as emissoras "CNN" e "NBC" nesta quinta-feira (24). O anúncio formal do acolhimento deve ser feito pelo presidente Joe Biden durante a sua visita à Polônia nesta semana.

Conforme funcionários informaram à "NBC", a prioridade será acolher pessoas que já tenham parentes vivendo em cidades norte-americanas. Para permitir o acolhimento mais acelerado, pode ser ativado novamente o mecanismo de "condição humanitária", que foi usado para acelerar o processo de aceitação dos afegãos que fugiram do país após a retomada do poder do Talibã no ano passado.

Conforme dados oficiais da Organização das Nações Unidas (ONU), o número de pessoas que fugiram nos 29 dias de guerra já se aproxima dos 3,7 milhões - mais precisamente, 3.674.952.

Desse valor, a maior parte das pessoas atravessou a fronteira com a Polônia, a mais extensa do país com cerca de 500 quilômetros, somando pouco mais de 2,1 milhões. Outros 563,5 mil foram para a Romênia; 374 mil para a Moldávia; 330,8 mil para a Hungria; 271,2 mil para Rússia; 260,2 mil Eslováquia; e 5,5 mil para Belarus.

Leia Também

A ONU ainda calcula que cerca de 10 milhões dos 40 milhões de moradores do país deixaram suas cidades, sendo que a imensa maioria optou por fugir para outras áreas da Ucrânia, os chamados deslocados internos.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) informou que mais da metade das crianças ucranianas foram obrigadas a deixar suas casas. Ao todo, o país tinha 7,5 milhões de crianças e adolescentes dos quais 4,3 milhões precisaram fugir. Desses, mais de 1,8 milhão já atravessou as fronteiras para ir para outras nações. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários