Cidades da Argentina mostram aumento no número de contaminados por Covid-19, mas óbitos não aumentaram
Reprodução/Twitter
Cidades da Argentina mostram aumento no número de contaminados por Covid-19, mas óbitos não aumentaram

A Argentina atingiu novamente seu recorde de contaminações por Covid-19 em um só dia nesta quinta-feira (30): cinquenta mil novos casos em 24 horas no país, a maior marca desde o início da pandemia. 

A alta nas contaminações na Argentina chamou a atenção da Organização Pan-Americana de Saúde, que pede respeito às medidas de prevenção e vacinação completa.

Carla Vizzotti, ministra da Saúde argentina, afirmou que a terceira onda vem indicando alta transmissão, mas baixa letalidade. Segundo a ministra, não houve aumento de pacientes nas UTIs e nem mortes -- a média móvel de óbitos no país segue estável desde outrubro.

Na Argentina, 83% da população recebeu a primeira dose da vacina antiCovid, enquanto 71% tem esquema vacinal completo. A dose de reforço, porém, só foi aplicada em 10% dos argentinos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários