Explosão em frente a hospital, em Cabul
Redes Socciais
Explosão em frente a hospital, em Cabul

Duas explosões e um tiroteio foram registrados nesta terça-feira (2) na área do hospital militar Sardar Mohammed Dawood Klan, no centro de Cabul, no Afeganistão.

Segundo fontes ligadas ao Talibã, há ao menos 19 mortes e 50 feridos.

Um médico contou aos jornalistas que estava dentro da instituição, que é a maior do tipo na capital afegã, na hora do ataque e que “uma grande explosão foi ouvida na entrada do hospital, e isso foi seguido dos disparos”.

A ação ainda não foi reivindicada, mas ela segue o padrão dos atentados do grupo terrorista Estado Islâmico, que tem uma facção muito ativa no país, o EI de Khorasan (EI-K ou Isis-K).

Algumas testemunhas chegaram a dizer que militantes extremistas invadiram o hospital e causaram o ataque.

Leia Também

Recentemente, o EI-K fez dois atentados em mesquitas xiitas, matando dezenas de pessoas, em Kandahar e Kunduz. Também há cerca de um mês, um ataque semelhante em Cabul deixou cinco mortos.

As ações se intensificaram desde que o Talibã assumiu o poder.

Mesmo ambos sendo islâmicos sunitas, eles têm visões “rivais” e se consideram superiores um ao outro. Porém, os talibãs tem uma visão mais nacionalista e o EI quer dominar áreas fora do Afeganistão. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários