Idosa mata marido
Reprodução/ DailyMail
Idosa mata marido


A prisão de uma idosa pelo esfaqueamento do marido, no condado de Somerset, na Inglaterra, ganhou nova repercussão após um vídeo que registrou o momento da prisão ser divulgado. O caso aconteceu em fevereiro, mas o julgamento pelo homicídio acontece agora.


Segundo o portal Daily Mail, enquanto a polícia falava com a mulher, identificada como Penelope Jackson, de 66 anos, ela reagiu tranquila, com frases como "com sorte, você chegará tarde demais" e "eu deveria tê-lo esfaqueado um pouco mais". No momento, a preocupação dela era tirar seu casaco e seus chinelos de casa, como mostram as imagens registradas pelas câmeras acopladas no fardamento dos policiais. O vídeo foi liberado pelo juiz que analisa a assassinato do esposo de Penelope, David Jackson, de 78 anos.



Já em seu julgamento, a idosa justificou que o homicídio foi involuntário. Ela afirma ter agido contra uma relação abusiva depois de ter ficado "petrificada" pela violência a que foi submetida durante os 26 anos de casamento. A ré disse ainda que vivia com um "nó no estômago" sem saber se iria acordar com o "bom David ou com o mau David". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários