Sorrentino é conhecido por ser aliado de Bolsonaro e defensor do tratamento precoce para à Covid-19
Reprodução/redes sociais
Sorrentino é conhecido por ser aliado de Bolsonaro e defensor do tratamento precoce para à Covid-19

O médico e influenciador brasileiro, Victor Sorrentino, foi preso no Egito neste domingo (30) suspeito de assediar uma mulher que orientava os turistas pela capital Cairo . A informação é do site El-Shai e confirmada pelo Ministério do Interior egípcio.

Segundo o portal, o médico gravou o momento em que faz piadas com a vítima e publicou em suas redes sociais. Após a repercussão negativa, o homem teria excluído a publicação e tornou as contas privadas.

A mulher teria apresentado à Sorrentino um papiro, material usado para escrever na antiguidade, quando foi questionada se “comprido também é legal”.

“Elas gostam é do bem duro. Comprido também fica legal, né?”, disse o médico.

Você viu?

Sem entender, a vendedora teria concordado, o que foi motivo de risada entre o suspeito e seus amigos.

Veja as imagens divulgadas pelo portal El-Shai

Victor Sorrentino ficou conhecido por ser apoiador do presidente Jair Bolsonaro e defensor do tratamento precoce contra à Covid-19 . Em depoimento, o médico disse que faz brincadeiras do tipo com amigos e familiares. Ele ainda teria reconhecido que não deveria ter feito isso, mas alegou ter sido uma brincadeira inocente.

A mulher de Sorrentino, Kamila Monteiro, saiu em defesa do marido. Através de redes sociais, a médica afirmou que “pessoas [estão] vendo maldade em absolutamente tudo” .

“O mundo está cada vez mais complexo, as pessoas vendo maldade em absolutamente tudo, mas nossa vida sempre se volta à simplicidade, ao olhar tudo pelo lado positivo e tentar não julgar”, disse Kamila.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários