Marroquino usa garrafas como boia para nadar próximo à cerca da fronteira Marrocos-Espanha
REUTERS/Jon Nazca
Marroquino usa garrafas como boia para nadar próximo à cerca da fronteira Marrocos-Espanha

Com garrafas de plástico amarradas ao seu corpo, um adolescente marroquino chegou, após nadar na fronteira entre Espanha e Marrocos , ao enclave espanhol de Ceuta , nesta quarta-feira (19). As informações são da Reuters

Um vídeo mostra soldados conversando com o garoto exausto e visivelmente emocionado antes de ele correr para a praia de El Tarajal e tentar escalar uma parede de pedras. Os militares se aproximam do jovem para tentar tranquilizá-lo e o levam de volta à fronteira.


Você viu?

Hoje a polícia recolheu o corpo de uma pessoa que estava boiando nas águas de Ceuta. Esta seria a segunda morte desde que começou a chegada em massa dos migrantes nesta semana.

Ceuta é uma cidade autônoma administrada pela Espanha, mas fica no continente africano, na entrada do Estreito de Gibraltar , no Mar Mediterrâneo. Desde o início desta semana, cerca de 8 mil migrantes  entraram em Ceuta, graças ao relaxamento do controle do lado marroquino, em meio a uma disputa diplomática entre Rabat e Madri pela assistência médica prestada pela Espanha ao líder separatista do Saara Ocidental — território que Marrocos considera como seu.

Segundo o  Ministério do Interior em Madri , cerca dois terços dos que chegaram à Ceuta já foram expulsos. Muitos deles dizem que estão determinados a voltar para a cidade. Na tarde de hoje, centenas de jovens fizeram uma nova tentativa de se aproximar da cerca de metal de cerca de 6 metros de altura antes de serem dispersados pela polícia marroquina


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários