Omar Al-Hadidi perdeu sua mãe, sua tia, quatro irmãos e quatro primos
Reprodução/redes sociais
Omar Al-Hadidi perdeu sua mãe, sua tia, quatro irmãos e quatro primos

Após o bombardeio de Israel em um campo de refugiados em Gaza , em Al-Shati, um bebê foi encontrado vivo no meio dos escombros: trata-se de Omar Al-Hadidi, de apenas cinco meses de idade.

Omar perdeu 10 parentes - sua mãe, sua tia, quatro irmãos e quatro primos - após o ataque aéreo israelense e foi o único a sobreviver. Ele foi resgatado com ferimentos graves, mas já se encontra estável no hospital.

Seu pai, Mohammad Al-Hadidi, não encontrava-se no local do acidente durante o bombardeio que resultou na morte de quase toda sua família.

O rapaz falou à agencia Reuters e agradeceu a Deus por ainda ter o pequeno Omar consigo. "Não tinha mísseis lá, só mulheres e crianças . Nenhum míssil, só crianças celebrando Eid (um festival muçulmano) O que eles fizeram para merecer isso?"


Mahammad contou que seu filho chegou ao hospital muito machucado, com o "fêmur quebrado e ferimentos por todo o corpo, mas, felizmente, depos dos primeiros cuidados, ele está estável."

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários