Operação encontrou fuzis e metralhadoras, rifles, minas antitanque, granadas, detonadores e silenciadores
Reprodução
Operação encontrou fuzis e metralhadoras, rifles, minas antitanque, granadas, detonadores e silenciadores

As autoridades  italianas apreenderam nesta quinta-feira (29) um "verdadeiro arsenal de armas de guerra" em uma fazenda na cidade de Altamura, na região da Puglia.

A operação policial encontrou 65 fuzis e metralhadoras de assalto (Uzi, Kalashnikov/AK47, M12, AR15); 33 rifles, incluindo rifles de precisão; 99 armas ; minas antitanque; granadas; 300 detonadores e 10 silenciadores.

A apreensão foi feita após meses de investigações realizadas por meio de interceptações ambientais e telefônicas, espionagem, stalking e documentação fotográfica aérea. A propriedade é de um empresário agrícola, cuja identidade não foi revelada.

Os investigadores suspeitam que o homem mantinha as armas escondidas em nome de terceiros. O arsenal foi localizado dentro de um alçapão, em uma espécie de poço, que era coberto por um refrigerador e uma cozinha.

O inquérito foi coordenado pela Direção Antimáfia do Distrito de Lecce e aberto após a publicação de um relatório do Ministério Público de Bari. Todas as armas estão sendo catalogadas, e os agentes investigam a origem e destino dos itens.

"Em uma primeira avaliação poderá representar provavelmente a mais importante apreensão de armas já feita no país até à data", afirmou em nota o procurador-geral de Lecce, Leonardo Leone de Castris, que enviou "aplausos de todo o coração" para os agentes de Bari pelo "grande profissionalismo demonstrado na complexa investigação".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários