Samantha Power, ex-embaixadora dos EUA na ONU, em entrevista no Roda Viva
Reprodução/TV Cultura
Samantha Power, ex-embaixadora dos EUA na ONU, em entrevista no Roda Viva

Samantha Power , ex-embaixadora dos EUA na ONU (Organização das Nações Unidas) comparou a situação vivida no país durante o governo de Donald Trump com a atual do Brasil, sob o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Nesta segunda-feira (26), em entrevista ao programa Roda Viva , Power afirmou que os dois países têm "muito em comum a esse respeito", já que, segundo ela, "Trump também negligenciou a ciência, minimizou a pandemia e não tomou as medidas necessárias para garantir que as vidas das pessoas fossem protegidas" do avanço da Covid-19.

De acordo com ela, pessoas que têm "retórica muito forte" podem "errar a mão em emergências graves, e foi isso que aconteceu nos EUA e, certamente, visto o número de mortes, no Brasil". A embaixadora disse lamentar que o país "tenha que continuar passando por isso a esta altura".


Power, indicada do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para comandar a USAID (Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional), afirmou que, agora, o importante é a "responsabilização e melhora enquanto ainda se pode salvar vidas". 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários