Ivermectina: até o momento, não houve nenhuma comprovação de que o vermífugo tenha alguma eficácia no tratamento de pacientes de Covid-19
Eduardo Valentei/Shoot/Agência O Globo
Ivermectina: até o momento, não houve nenhuma comprovação de que o vermífugo tenha alguma eficácia no tratamento de pacientes de Covid-19

A Organização Mundial da Saúde anunciou nesta quarta-feira (24) divulgará, na próxima semana, se a Ivermectina — remédio contra infestação parasitárias — pode ser usado ou não para tratar doentes de Covid-19. O anúncio da entidade vem dois dias depois de a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) desaconselhar o uso do remédio.

“Há algumas semanas, reunimos especialistas para analisar as evidências e devemos finalizar as recomendações no início da próxima semana”, disse a chefe da equipe clínica encarregada pela resposta à pandemia na OMS, Janet Diaz.

Segundo Diaz, até o momento, só foram divulgados resultados de estudos em pequenos grupos. Ela ressalta, porém, que há poucos tratamentos clinicamente comprovados como efetivos para tratar a doença causada pelo novo coronavírus.

“Por enquanto, os tratamentos recomendados são os corticosteroides (dexametasona) e terapia com oxigênio, no caso de pacientes graves.  Infelizmente, não temos outros agentes na nossa ‘caixa de ferramentas’, mas esperamos ter o mais rápido possível”, afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários