Ataque aconteceu na véspera da visita do Papa Francisco ao país
Reprodução/CNN
Ataque aconteceu na véspera da visita do Papa Francisco ao país

Uma base militar que abriga soldados dos  Estados Unidos no Iraque foi alvo de um ataque aéreo nesta quarta-feira (3), dois dias antes da chegada do papa Francisco para uma inédita viagem ao país árabe. A ação ocorreu na base de Ain al-Assad, que fica no oeste do Iraque e foi atingida por pelo menos 10 foguetes. Segundo a agência AFP, um civil prestador de serviços morreu, mas sua nacionalidade não foi divulgada.

Ainda de acordo com a agência, os foguetes seriam de fabricação iraniana. Recentemente, um ataque contra tropas lideradas pelos EUA em Irbil, no Curdistão iraquiano, já havia deixado dois mortos. Os Estados Unidos, por sua vez, bombardearam posições do grupo paramilitar pró-Irã Kataeb Hezbollah na Síria, perto da fronteira do Iraque, em 26 de fevereiro.

Apesar da escalada da tensão, o papa Francisco confirmou nesta quarta-feira que viajará ao Iraque entre 5 e 8 de março. "Depois de amanhã, se Deus quiser, irei ao Iraque para uma peregrinação de três dias. Há tempos desejo encontrar aquele povo tão sofrido, encontrar aquela Igreja mártir", disse o pontífice em sua audiência semanal.

Além da capital Bagdá , Francisco passará por Najaf, onde se reunirá com o influente clérigo xiita Ali al-Sistani; pela planície do Ur, terra natal de Abraão na tradição bíblica; por Irbil, no Curdistão; por Mosul, antiga "capital" do Estado Islâmico no Iraque; e por Qaraqosh, maior cidade cristã do país e também devastada pelo EI.

"Na terra de Abraão, daremos com os outros líderes religiosos um passo adiante na irmandade entre crentes. O povo iraquiano nos espera. Já esperava São João Paulo II quando ele foi proibido de ir, não podemos decepcionar um povo pela segunda vez", disse o Papa.

Essa será a primeira viagem de um pontífice ao Iraque na história e a primeira missão internacional de Francisco desde a eclosão da pandemia do novo coronavírus. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários