Ministro do Exterior indiano publicou imagens das primeiras entregas realizadas pelo país
Reprodução
Ministro do Exterior indiano publicou imagens das primeiras entregas realizadas pelo país

Nesta quarta-feira (20), a Índia iniciou o processo de distribuição de doses da Covishield, vacina contra a Covid-19 produzida no país pelo Instituto Serum. Seguindo a política de auxiliar inicialmente seus vizinhos asiáticos, anunciada anteriormente pelas autoridades indianas, os primeiros lotes foram entregues nas Maldivas e no Butão.

Segundo informações do jornal Times of India, o voo carregando cerca de 100 mil doses da Covishield partiu do aeroporto internacional de Mumbai e fará escalas em Thiruvananthapuram e Kerala, ainda em solo indiano, antes de aterrisar em Malé, capital das Maldivas . Mais cedo, outra aeronave já havia partido com um carregamento de 150 mil doses para Thimphu, capital do Butão.

"Hoje, um avião da Air Índia irá pousar em Malé com 100 mil doses da vacina da AstraZeneca , um presente do governo indiano para asm Maldivas. É o início do fim deste terrível vírus. Só temos a agradecer ao nossos amigos da Índia, que têm sido de grande ajuda em todos os momentos de crise", afirmou Mohamed Nasheed, porta-voz do parlamento das Maldivas, em publicação nas redes sociais.

Você viu?

Quem também utilizou o Twitter para falar sobre o tema foi o ministro do Exterior da Índia, Subrahmanyam Jaishankar. Usando a hashtag " vizinhança primeiro ", ele exaltou a primeira entrega das vacinas indianas realizada nas Maldivas: "reflete nossa amizade especial".

Na sequência, foi a vez do ministro do Exterior do Butão agradecer o auxílio dos indianos. Compartilhando imagens da entrega, ele falou em "profunda gratidão" ao governo da Índia pelo "generoso presente de 150 mil doses da Covishield recebidas hoke. Ficamos muito agradecidos pela amizade e apoio incondicional na batalha contra a pandemia da Covid-19".

Ainda de acordo com a publicação, a entrega das vacinas ao governo das Maldivas foi acertada em novembro do ano passado, quando o Primeiro-Ministro indiano, Narendra Modi, visitou o país e deu detalhes sobre a política de "boa vizinhança" no combate ao vírus. Inclusive, na ocasião ficou definido que, após a entrega gratuita, as Maldivas irão comprar um lote de 300 mil doses diretamente do Instituto Serum, o que compreende quase toda a população do país (500 mil).

Agora, a expectativa é de que as entregas da Índia sigam dentro do planejamento do "vizinhança primeiro", com Bangladesh, Nepal, Myanmar and Seychelles entre os destinos seguintes das doses de Covishield, o que deve ocorrer já nos próximos dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários