Argentina
Reprodução/Infobae
Participantes do evento confundiram os agentes com strippers

Policiais argentinos viveram uma situação inusitada e bizarra no último final de semana em Sierra de Los Padres, que fica na região de Buenos Aires : ao interromperem uma festa de swing, os agentes foram confundidos com strippers pelos participantes do evento.

Segundo informações do jornal Clarín, a festa acontecia em uma fazenda na Rota 226 e contava com a participação de cerca de 20 casais, todos com idades entre 40 e 50 anos. Ao chegarem no local, os agentes encontraram os participantes sentados em uma mesa, ainda sem que a "ação" estivesse ocorrendo, e acabaram sendo confundidos.

"A situação foi bizarra e engraçada. Todos foram muito educados, acataram o pedido de encerramento do evento, mas foi divertido perceber que eles acharam que nós éramos strippers e também estávamos ali para participar da festa", disse uma fonte da polícia, em entrevista ao site argentino 0223.

A polícia foi ao local após receber uma denúncia anônima sobre a realização do evento em meio à pandemia , o que infringe as regras do governo sobre aglomerações. Em um dos momentos mais inusitados, uma mulher chegou a dizer a um dos agentes: "que pena. Pensei que a sobremesa havia chegado".

Ainda de acordo com a publicação, os policiais só descobriram se tratar de um evento sexual , idealizado por um grupo vindo de Mar del Plata, ao chegar no local. Anteriormente, haviam sido alertados sobre a realização de um show de música eletrônica na fazenda.

“Embora não houvesse um grande número de pessoas, eles ultrapassaram o limite permitido. Além disso, o local não contava com nenhum tipo de autorização ou elementos de segurança”, afirmou um porta-voz da força policial municipal.

O local, segundo uma pessoa ouvida pela reportagem, é conhecido por receber eventos deste tipo, que contam com pacotes que incluem alojamento, alimentação e " noites de diversão ".

Com este, já são 19 os eventos clandestinos encerrados pela polícia de Buenos Aires por ultrapassarem o limite de pessoas definido pelas autoridades sanitárias por conta da pandemia da Covid-19 .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários