.
Anadolu Agency
Uma multidão no túmulo do comandante da Força Quds da Guarda Revolucionária Iraniana, Qassem Suleimani, no sábado


O Irã anunciou planos de enriquecer urânio com até 20% de pureza, a apenas um passo do nível para desenvolvimento de armas, à medida que as tensões com os EUA aumentaram durante os dias finais da presidência de Donald Trump.

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) confirmou que foi notificada da decisão do Irã de aumentar o enriquecimento na instalação de Fordow, enterrada na encosta de uma montanha para protegê-la de ataques militares , embora Teerã não tenha dito quando o processo começaria.

O fim de semana também marca o primeiro aniversário de um ataque de drones dos EUA que matou o general Qassem Suleimani, com Washington aparentemente se preparando para uma possível retaliação .

Depois que os EUA intensificaram os posicionamentos militares e linguagem ameaçadora, o ministro das Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, acusou-o na véspera de Ano Novo de tentar criar um "pretexto para a guerra". Em uma aparente tentativa de desaceleração, o Pentágono retirou abruptamente o porta-aviões Nimitz da região, informou o New York Times.

O presidente americano eleito, Joe Biden , deixou claro que espera reviver o acordo nuclear com o Irã de 2015, conhecido como Plano de Ação Conjunto Global, que foi abandonado por Trump em 2018. O acordo limitou o Irã ao enriquecimento de urânio a 3,67% . Também exigia que Fordow se transformasse em uma unidade de pesquisa e desenvolvimento.

O Irã começou a violar o acordo em 2019, em resposta à retirada dos Estados Unidos e à imposição de sanções. Mas também sinalizou o desejo de voltar ao negócio, em troca de alívio das sanções.

O relatório de novembro da AIEA, o mais recente disponível, disse que Teerã ainda estava permitindo inspeções e, embora estivesse enriquecendo urânio além de 3,67% , não estava excedendo o limite de 4,5%.

Outros signatários do acordo, incluindo Uniao Europeia, França, Alemanha, Reino Unido, China e Rússia, estão jogando para ganhar tempo, na esperança de que o acordo possa ser restaurado sob Biden.

O Irã começou originalmente o enriquecimento de 20% com o ex-presidente linha-dura Mahmoud Ahmadinejad, aumentando as preocupações de que estava perseguindo um programa de armas nucleares, embora Teerã sempre tenha insistido que tem apenas objetivos pacíficos .


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários