Morte de homem negro por policial causa indignação nos EUA
Wikimedia Commons
Morte de homem negro por policial causa indignação nos EUA

Um homem negro foi morto por um policial branco em Columbus, nos Estados Unidos, na última segunda-feira (21), e causou revolta na comunidade pela violência contra o rapaz, que estava desarmado.

Andre Maurice Hill, de 47 anos, estava na garagem de uma casa na noite da segunda-feira quando foi baleado várias vezes por um policial, que foi ao local por causa de uma chamada que havia recebido.

As imagens da câmera portátil do policial mostram o homem caminhando em direção ao policial com um celular na mão esquerda. Segundos depois, o oficial dispara sua arma e o civil cai. Não se ouve nenhum som que explique as circunstâncias do tiroteio.

O policial e seu colega esperaram alguns minutos antes de se aproximar da vítima, ainda viva, que morreu ali mesmo no local. Segundo a mídia local, já havia denúncias contra o policial por uso excessivo da força.

Você viu?

O chefe da polícia da cidade, Thomas Quinlan, anunciou nesta quinta-feira (24) o início de uma acusação de má conduta grave contra o agente em vista de sua demissão.

Hill foi o segundo afro-americano morto pela polícia em menos de três semanas em Columbus. Casey Goodson Jr., de 23 anos, foi baleado várias vezes em 4 de dezembro enquanto voltava para casa depois de comprar sanduíches.

O prefeito de Columbus, Andrew Ginther, disse estar "indignado" com a morte de Hill e "muito perturbado" por nenhum dos policiais ter prestado primeiros socorros. Ele pediu a demissão "imediata" de Coy. 

As mortes acontecem em um momento em que os Estados Unidos são marcados por protestos históricos contra a injustiça racial e a brutalidade policial, desencadeados pelo assassinato de George Floyd, em maio.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários