motoboy
Getty Images/Reprodução
O cliente disse acreditar que o motorista do aplicativo é o culpado pela situação

Na Inglaterra , um homem pediu comida por um aplicativo de entregas e foi surpreendido com uma sacola cheia de fezes . De acordo com o cliente, ele já havia comido mais da metade do prato quando notou a presença do excremento. As informações são do jornal britânico The Sun .

Segundo a publicação, Wil Burtenshaw, de 25 anos, pediu uma canja de galinha no último domingo (06), pelo serviço do aplicativo Uber Eats, em um de seus restaurantes preferidos na cidade de Bristol. O homem relatou que já havia comido mais da metade da refeição quando notou uma mancha marrom na sacola. "Tenho 100% de certeza de que eram fezes humanas", declarou ao The Sun.

Will explicou que não conseguia acreditar que aquilo pudesse estar acontecendo, então decidiu cheirar o plástico, o que o levou a tal conclusão. O rapaz utilizou seu perfil nas redes sociais para compartilhar as fotos e relatar o incidente. Após o ocorrido, o homem passou mal e, segundo ele, está de cama desde domingo. 

Posicionamento

O cliente disse ter entrado em contato com o restaurante em questão e com a empresa de delivery, mas acredita que o motorista do aplicativo seja o responsável. "Só Deus sabe o que este motorista estava pensando. É como se ele tivesse decidido usar o banheiro e não houvesse papel higiênico. Então, decidiu usar a sacola plástica", desabafou.

Ainda de acordo com o jornal, o gerente do restaurante afirmou ter "100% de certeza" de que a contaminação não foi feita por nenhum de seus funcionários. Já uma porta-voz do aplicativo de entregas disse que "o Uber Eats leva muito a sério qualquer denúncia desse tipo e está investigando o incidente".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários