Joe Biden
Reprodução/Twitter
Joe Biden

O estado da Califórnia certificou, na noite deste sábado (05), a vitória de Joe Biden nas eleições presidenciais realizadas em 3 de novembro. Com isso, oficialmente, o democrata acumula 288 delegados, 18 a mais do que o necessário para vencer o pleito no colégio eleitoral.

Já o atual mandatário, Donald Trump, tem 222 delegados e não tem mais chance de vitória de maneira oficial. No entanto, durante um comício por conta da eleição de dois senadores na Geórgia, o republicano voltou a acusar a disputa eleitoral de "fraude" e de dizer que recorrerá à Suprema Corte para tentar vencer.

"Vocês sabem, eu venci na Geórgia. E venceremos essas eleições.
Querem nos convencer que nós perdemos, mas não perdemos. Se tivesse perdido, eu teria me retirado educadamente. Mas essa eleição foi um furto", disse aos apoiadores.

No entanto, diversos tribunais estaduais já refutaram 46 ações impetradas pela campanha de Trump por "falta de provas" de que houve qualquer tipo de crime eleitoral. O estado da Geórgia, inclusive, já certificou a vitória de Biden após fazer uma contagem manual de todos os votos recebidos em novembro.

O prazo para os estados certificarem as vitórias dos candidatos segue até o dia 8 de dezembro, já que no dia 14 os delegados se reúnem no colégio eleitoral. Trump havia dito, no fim do mês passado, que se perder na votação dos grandes eleitores, deixará a Casa Branca. A posse de Biden está marcada para 21 de janeiro.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários