A capota do motor esquerdo foi danificada e o avião permaneceu no aeroporto de Yakutat, no Alasca
R E Johnson
A capota do motor esquerdo foi danificada e o avião permaneceu no aeroporto de Yakutat, no Alasca

Um avião da Alaska Airlines matou um urso-pardo ao pousar no aeroporto de Yakutat, no Alasca . O filhote de dois anos escapou por pouco e não ficou ferido, de acordo com o Departamento de Transporte e Instalações Públicas do Alasca. As informações são do UOL .

O acidente ocorreu no último sábado (14) e nenhum passageiro ficou ferido. A aeronave, no entanto, sofreu alguns danos pelo impacto e ficará alguns dias em manutenção, disse a Fox Business.

O porta-voz do departamento, Sam Dapcevich, informou que a equipe do aeroporto liberou a pista cerca de 10 minutos antes do horário previsto para o voo do Boeing 737. O avião teria pousado após o anoitecer e a tripulação seguiu os procedimentos normais de verificação da pista.

De acordo com o portal, durante a verificação, a equipe disse não ter encontrado sinais de vida selvagem, mas os pilotos avistaram os dois ursos  cruzando a pista enquanto o avião reduzia a velocidade após o pouso, afirmou Dapcevich.

Em nota, a Alaska Airlines comunicou que "a parte de frente do avião não acertou os ursos, mas o capitão sentiu um impacto no lado esquerdo depois que os animais passaram por baixo do avião".

Os pilotos viram o urso caído a cerca de seis metros do centro da pista enquanto o avião se dirigia ao estacionamento, disse a companhia. A capota do motor esquerdo foi danificada e o avião permaneceu em Yakutat. "Nossos técnicos de manutenção estão trabalhando para consertar o avião, o que levará alguns dias", informou a empresa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários