Papa Francisco
Reprodução: iG Minas Gerais
Papa Francisco

O Papa Francisco enviou na última terça (3) uma carta em que demonstrava apoio e reconhecimento para a  Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) pela sua atuação no combate ao novo coronavírus (Sars-Cov-2).


A mensagem foi enviada pelo pontífice em resposta ao convite da fundação para que ele participasse do seminário " Fratelli Tutti : a mensagem social global do Papa Francisco" que aconteceu na terça (3).

"Neste momento em que o Brasil, juntamente com o resto do mundo, enfrenta a pandemia da Covid-19 se faz ainda mais significativa a missão desta instituição. Trabalho de excelência científica na área de saúde pública realizado nesta centenária instituição que, a exemplo do seu renomado fundador, o sanitarista Oswaldo Cruz, promove a saúde e a qualidade de vida dos brasileiros", afirmou o líder religioso na carta.

O Papa lamentou ainda que a pandemia aumentou as desigualdades sociais e outros problemas:

"Evidenciou ainda mais os efeitos nocivos de um outro tipo de vírus que há muito tempo assola a humanidade: o vírus da indiferença, que nasce do egoísmo e gera injustiça social”, disse.

A Fiocruz , em parceria com a Universide de Oxford e a AstraZeneca , produz uma das vacinas contra a Covid-19. Segundo Nísia Trindade, presidente da Fundação, há expectativa de que a vacinação se inicie no país em março de 2021.

    Leia tudo sobre:

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários