Prefeito de Nova York, Bill de Blasio.
Reprodução/Twitter
Prefeito de Nova York, Bill de Blasio.

Nesta terça-feira (29), autoridades americanas alertaram para o aumento da taxa de infecção pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) na cidade de Nova York . Nas últimas 24 horas, a taxa subiu de 1,93% para 3,25%, segundo a agência de notícias AFP .

Nova York é a maior cidade dos Estados Unidos e chegou a ser o epicentro nacional de Covid-19 em abril e maio, com mais de 23,8 mil mortes.

Nos últimos meses, a cidade conseguiu reduzir a taxa de infecção para 1%, um dos índices mais baixos do país.

Recentemente, porém, Nova York voltou a registrar números mais elevados. O prefeito Bill de Blasio declarou que as pessoas que não utilizarem máscaras em público serão multadas.

"Pela primeira vez em muito tempo os números diários superam os 3% e isso é um verdadeiro motivo de preocupação ", disse Blasio. 

Para André Cuomo, governador do estado, a prefeitura “falhou em garantir o cumprimento" de regras sobre uso de máscaras e distanciamento social

O aumento de casos ocorre na mesma semana em que estudantes devem voltar às escolas, e quando restaurantes e bares vão poder admitir clientes em espaços internos com 25% da capacidade.

    Veja Também

      Mostrar mais