pessoas
BFMTV/Reprodução
Pelo menos quatro pessoas ficaram feridas

Ao menos quatro pessoas ficaram feridas em um ataque próximo à antiga  redação do jornal satírico francês "Charlie Hebdo" nesta sexta-feira (25), informa a mídia local.

Segundo o jornalista Christophe Dansette, do "France 24", os agressores usavam facas. Um homem suspeito de ter realizado o ataque foi preso próximo à Praça da Bastilha com "várias manchas de sangue" na roupa. Um segundo suspeito segue sendo procurado.

Duas das vítimas estão em estado grave, conforme a agência de notícias "AFP", e toda a área próxima ao prédio foi interditada pelos policiais.

Em 7 de janeiro de 2015, a sede do jornal foi alvo de um ataque terrorista cometido pelos irmãos Sherif e Said Kouachi e 12 pessoas foram assassinadas na ação, entre jornalistas, cartunistas e funcionários do prédio onde o "Charlie Hebdo" ficava. Esse foi o primeiro da série de atentados que ocorreriam no país a partir de então.

Em 2 de setembro deste ano, a Justiça francesa começou o julgamento do ataque e, como sua forma de protestar, o jornal voltou a publicar sátiras de Maomé - que irritaram os extremistas islâmicos.

    Veja Também

      Mostrar mais