UTI
Reprodução
Médico denunciou falta de EPis

O livro "O escândalo dos profissionais da saúde contaminados" foi escrito pelo clínico-geral francês Jérôme Marty e publicado esta semana. Na pulicação, Marty denuncia o descaso do governo de seu país durante a pandemia da Covid-19 .

De acordo com o profissional de saúde, ele próprio e seus colegas precisaram lidar com a falta de material e equipamentos para tratar pacientes, chegando a usar sacos de lixo, enviados pelas próprias agências de saúde, em vez de aventais apropriados.

Além das denúncias do médico, o livro contém também depoimentos de outros profissionais que falaram sobre o medo de serem contaminados ao atuarem na linha de frente no combate ao coronavírus.

À RFI Brasil, o autor explica que ainda durante a fase mais crítica da falta de insumos ele começou a coletar provas sobre o descaso do sistema de saúde. Pouco tempo depois, enviou os documentos à editora pela aprovação do livro.

Marty acredita que foram cometidas falhas graves que poderiam evitar a infecção e morte de muitos profissionais. Ao menos 40 médicos, enfermeiros e auxiliares morreram na França.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários