bomba
Reprodução
Devido ao potencial de destruição, até hoje o explosivo possui as maiores dimensões já vistas em uma criação do tipo


A Agência de Energia Nuclear da Rússia, Rosatom, divulgou, na semana passada, um documentário de 30 minutos, anteriormente secreto, sobre a construção e a detonação da maior bomba nuclear do mundo , em 1961. 


De vários ângulos e distâncias, o vídeo mostra o surgimento da gigantesca nuvem em forma de cogumelo da arma, sugerindo seu poder e sua força apocalíptica. A Rússia já havia divulgado fotos e videoclipes do dispositivo, conhecido oficialmente como RDS-220. 


Graças ao seu potencial de destruição, até hoje o explosivo possui as maiores dimensões já vistas em uma criação do tipo – oito metros de altura, dois metros de largura e 27 toneladas.

Disparada em 30 de outubro de 1961, a bomba tinha 50 megatons, o equivalente a 50 milhões de toneladas de explosivo convencional. Isso a tornou 3.333 vezes mais destrutiva  do que a arma usada em Hiroshima, no Japão.




    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários