Caso aconteceu no dia 25 de maio, em Mineápolis (EUA).
Reprodução/Twitter
Caso aconteceu no dia 25 de maio, em Mineápolis (EUA).

Um vídeo divulgado na última segunda-feira (3) pelo site britânico Daily Mail  revela detalhes da abordagem policial a George Floyd , que  foi assassinado pelo oficial Derek Chauvin em maio deste ano, em Mineápolis (EUA).

Logo no início da abordagem, Floyd pede desculpas aos policiais. A filmagem também mostra o momento em que um agente da corporação aponta uma arma para Floyd, ao passo em que este faz um pedido: “senhor oficial, por favor, não atire em mim, por favor”.

O vídeo foi obtido através das câmeras corporais de Alex Kueng e Thomas Lane. Os dois policiais foram os primeiros a chegarem ao local, após receberem a denúncia de que Floyd teria tentado efetuar um pagamento com uma nota falsa de 20 dólares.

É possível ver George Floyd sendo retirado do próprio carro e, em seguida, algemado. Depois, ele declara que está assustado e que não é “um cara ruim”. Ao ser colocado dentro da viatura, Floyd resiste e diz que é claustrofóbico.

Passageiros que estavam no carro junto com Floyd disseram que ele tinha medo da polícia. 

O vídeo termina com a frase de Floyd repercutida por inúmeras manifestações que aconteceram nos Estados Unidos : "eu não consigo respirar".

De acordo com decisão do tribunal, os vídeos só poderiam ser vistos pessoalmentes durante as sessões. A filmagem em questão foi vazada e uma investigação foi aberta para apurar o ocorrido. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários