Fahim era fundador de uma startup de transportes
CNN / Captura de vídeo
Fahim era fundador de uma startup de transportes

O assistente pessoal do empreendedor Fahim Saleh, encontrado morto e decapitado dentro do próprio apartamento de luxo na cidade de Nova York no começo desta semana, pode ter sido responsável pelo assassinato dele.

Segundo o jornal britânico BBC, o jovem de 21 anos identificado como Tyrese Haspil foi preso na noite desta sexta-feira (17). Ele teria utilizado um teaser para imobilizar o empresário, o esfaqueado e voltado no dia seguinte para desmembrá-lo com uma serra elétrica.

"O suspeito lidava diretamente com assuntos pessoais e finanças da vítima. Também desconfiamos que ele devesse uma quantia significante de dinheiro a ele", afirmou o chefe de detetives da polícia de Nova York, Rodney Harrison.

O corpo da vítima foi encontrado por um primo dele, que decidiu checá-lo após dias sem contato. Saleh fundou a companhia de transporte Pathao, popular na região de Bangladesh e do Nepal.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários