Coronavírus nos EUA, contágio cresce
Reprodução Twitter @sebastianarcher
Coronavírus nos EUA


EUA se apresenta cada vez mais como líder negativo dentro da pandemia. O registro próximo aos 55.000 novos casos de coronavírus nas últimas 24 horas, significam um novo recorde de infecções diárias, segundo o Politico, citando dados da Universidade Johns Hopkins.

A situação se torna cada vez pior a medida que o país flexibiliza o enfrentamento ao coronavírus. Após registrar mais de 50.000 infecções pelo terceiro dia consecutivo, o total aumentou para 2.794.153. Ao mesmo tempo, 129.434 pessoas morreram de covid-19, enquanto 790.404 conseguiram se recuperar da doença.

Prevendo a situação negativa em ano eleitoral ,o presidente Donald Trump preferiu apontar para o outro lado nesta sexta-feira. Segundo ele, o aumento de casos positivos, se deve ao fato de mais testes serem realizados em seu país do que em outros.

"Há um aumento nos casos de coronavírus porque nossos testes são enormes e bons, muito maiores e melhores do que em qualquer outro país. São boas notícias, mas notícias ainda melhores são que as mortes e a taxa de mortalidade caíram", escreveu o presidente na sua conta do Twitter.



    Veja Também

      Mostrar mais