drogas
reprodução
Apreensão é a maior em todos os tempos, segundo a polícia italiana

A polícia da Itália anunciou, nesta quarta-feira (01), a apreensão de 84 milhões de comprimidos de anfetaminas no porto de Salerno, ao sul de Nápoles. Essa quantidade de comprimidos representa cerca de 14 toneladas da droga, que, segundo o comunicado da polícia local, foi produzida pelo grupo terrorista Estado Islâmico, na Síria.

Ainda segundo a polícia, foi "a maior apreensão de anfetaminas no mundo". Os investigadores disseram que a droga estava em três contêineres que continham cilindros de papel para uso industrial e máquinas. Os tais cilindros eram capazes de esconder quase 350 quilos de comprimidos.

"Sabemos que o Estado Islâmico financia suas atividades terroristas sobretudo com o tráfico de drogas sintéticas produzidas na Síria que, por esta razão, se tornou o maior produtor mundial de anfetaminas nos últimos anos", afirmou o comunicado da polícia italiana.

A investigação havia começado há duas semanas, quando a polícia de Nápoles interceptou um carregamento com 2.800 quilos de haxixe e 190 quilos de anfetaminas sob a forma de um milhão de comprimidos.

Os investigadores acreditam que há uma parceria entre criminosos, porque os 85 milhões de comprimidos das duas operações poderiam suprir um mercado europeu que vai muito além do consumo italiano.

    Veja Também

      Mostrar mais