Após divulgação das imagens, polícia do condado busca informações da mulher
Reprodução
Após divulgação das imagens, polícia do condado busca informações da mulher

Nesta segunda-feira (22), a polícia da cidade de San Jose, no estado norte-americano da Califórnia, divulgou um vídeo para tentar identificar quem é a mulher que aparece tossindo na direção do rosto de um bebê após discutir com os pais do menino no salão de uma loja de iogurtes.

Segundo o jornal New York Post, o caso aconteceu no último dia 12 de junho, mas as imagens só foram divulgadas agora porque os investigadores ainda não obtiveram maiores informações sobre a suspeita .

No vídeo, é possível ver o momento em que a suspeita chega ao local e todo o desenrolar da situação. Em determinado momento, ela se aproxima do carrinho em que o bebê de apenas um ano de idade está, retira a máscara e tosse na direção dele.


Você viu?

"As informações preliminares que recebemos dão conta de que a suspeita se irritou com o fato de a vítima não estar mantendo uma distância social segura em meio à pandemia do novo coronavírus . Por este motivo, ela retirou a máscara, se aproximou do local em que mãe e filho estavam e tossiu duas ou três vezes", afirmou o sargento Enrique Garcia, da Polícia de San Jose.

Garcia complementou dizendo que a mulher deixou o estabelecimento poucos momentos depois e ainda não foi identificada. Por este motivo, a corporação optou por divulgar as imagens da câmera de segurança e solicitar o auxílio de quem possa conhecer a suspeita.

"Como alguém pode tossir no rosto de outra pessoa? Ainda mais de um bebê? Ela fez isso de propósito, não foi algo sem intenção. Ela se aproximou e tossiu diretamente no rosto do meu filho . Eu não consegui reagir, fiquei em choque", afirmou Mireya Mora, mãe da criança. Ela revelou ainda que a suspeita começou a briga pelo fato do casal estar conversando em espanhol .

O caso ocorre no momento em que os EUA começam a enfrentar um novo aumento no número de casos da Covid-19 . Segundo dados do Worldometers, o estado da Califórnia é o segundo mais atingido no país, atrás apenas de Nova York, e soma 185 mil casos confirmados e 5.565 mortes.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários