terremoto
Claudio Cruz/Getty Images
As pessoas saíram às ruas na Cidade do México após um terremoto


Um forte terremoto, de magnitude 7,4, matou pelo menos quatro pessoas no centro de Huatulco, no sul do México, além de ter provocado desabamentos e levado  milhares de cidadãos  às ruas nesta quarta-feira (23).

Leia também: 

Segundo o presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, uma pessoa morreu e outra ficou ferida em um desabamento de prédio em Huatulco, Oaxaca. Mais tarde, o governador de Oaxaca, Alejandro Murat, afirmou que uma segunda pessoa  perdeu a vida  em San Juan Ozolotepec.

As autoridades federais de Defesa Civil relataram mais duas mortes : um trabalhador da empresa estatal de petróleo Pemex e um homem em San Agustin Amatengo.

Os alarmes sísmicos soaram a tempo suficiente para os moradores saírem dos edifícios. Igrejas, pontes e rodovias também sofreram danos durante o terremoto.

Grupos de pessoas ainda circulavam nas ruas e calçadas de alguns bairros da capital cerca de uma hora após o terremoto. Muitas não estavam usando máscaras, apesar dos apelos anteriores das autoridades municipais para que o fizessem como uma maneira de conter a disseminação do coronavírus.

O Serviço Geológico dos EUA disse que o terremoto ocorreu às 10h29, no leste da costa sul do Pacífico no México, a uma profundidade de 26 km . O epicentro ficava a 12 km ao sul-sudoeste de Santa Maria Zapotitlan, no estado de Oaxaca.

    Veja Também

      Mostrar mais