Quando a manifestação terminou, a polícia disparou gás lacrimogêneo e manifestantes puderam ser vistos jogando destroços
Reprodução
Quando a manifestação terminou, a polícia disparou gás lacrimogêneo e manifestantes puderam ser vistos jogando destroços


Em Paris, a polícia de choque francesa usou gás lacrimogêneo quando manifestantes dispersos atiraram com destroços contra eles e atearam fogo durante uma manifestação não autorizada contra a injustiça racial e as táticas da polícia, segundo informou o site CGTN.

Saiba mais: Blackout Tuesday: entenda como começou o movimento

Milhares de pessoas já haviam se reunido pacificamente por duas horas no centro da cidade como indignação global com o que aconteceu com George Floyd nos EUA.

Dois pequenos incêndios eclodiram e barreiras ao redor de um canteiro de obras foram derrubadas. A polícia havia proibido o protesto por causa de restrições de coronavírus que proibiam qualquer reunião de mais de 10 pessoas.

Floyd morreu na semana passada depois que um policial pressionou o joelho no pescoço por vários minutos, mesmo depois que ele parou de se mover e implorar para respirar. A morte desencadeou protestos que se espalharam por todo o mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários