Uma idosa de 94 anos ficou cinco dias sem comer pois "estava com muito medo" de deixar sua casa devido ao novo coronavírus (Sars-coV-2), causador da Covid-19 . Ela mora em Glasgow, na Escócia, e alegou não ter ninguém para ajudá-la. De acordo com o The Guardian , ela foi resgatada por voluntários do Exército da Salvação. 

Leia também: Covid-19: Anticorpos de cavalos pode começar a ser usado em 3 meses

ilustração do novo coronavírus (Sars-coV-2)
Divulgação
ilustração do novo coronavírus (Sars-coV-2)

Leia também: SP tem 272 mortes por Covid-19 em um dia e total de óbitos passa de 6 mil

"Ela não tinha ninguém para conseguir nada para ela e estava com muito medo de sair. No começo, era muito assustador para muitos idosos, que não queriam sair porque pensavam que pegariam a Covid-19 imediatamente e precisariam ir ao hospital", afirmou Tracy Bearcroft, major do Exército de Salvação, ao Guardian.

Leia também: Covid-19: Mortes em São Paulo chegam a 2.586 e casos passam de 31 mil

Em nota, um porta-voz do governo escocês afirmou que lamenta saber do caso da idosa : "Adotamos medidas para proteger as pessoas sob o maior risco de Covid-19 através de blindagem, e foram enviadas cartas às pessoas deste grupo com informações sobre que apoio está disponível, incluindo entregas em domicílio de itens essenciais por meio de um serviço de texto". A mulher de 94 anos passa bem.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários