O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dos EUA comunicou recentemente que os ratos de rua, principalmente os de Nova York, estão sofrendo consequências comportamentais drásticas devido à pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2), causador da Covid-19 .

Leia também: Pesquisadora alerta que Covid-19 é apenas "ponta do iceberg"

Rato saindo de seu esconderijo, em Nova York
Foto de Charlie Hamilton James, Nat Geo Image Collection
Rato saindo de seu esconderijo, em Nova York

Com os restaurantes fechados e a baixa circulação de pessoas, o lixo tem sido algo escasso, o que está fazendo os ratos desenvolverem novos hábitos alimentares, especialmente o canibalismo .

Leia também: Covid-19: Anticorpos de cavalos pode começar a ser usado em 3 meses

Você viu?

De acordo com a autoridade de saúde norte-americana, os roedores estão apresentando alterações classificadas como incomuns e agressivas. "O fechamento de toda a comunidade levou a uma diminuição de alimentos disponíveis para roedores", afirmou o CDC ao jornal britânico The Guardian .

Em entrevista à NBC News , Bobby Corrigan, um roentologista, opinou sobre o assunto. "Esses ratos estão brigando, agora os adultos estão matando os filhotes no ninho e canibalizando os filhotes".

Além de NY, as cidades de Washington, Chicago e Nova Orleans também enfrentam o mesmo problema. "Muitos desses ratos dependem de 'comida noturna', que são provinientes dos restaurantes, hotéis, bares e lojas. Tudo o que consumimos em movimento", disse Bobby Corrigan ao The Washington Post .

Leia também: SP tem 272 mortes por Covid-19 em um dia e total de óbitos passa de 6 mil

Apesar da situação, em meio à pandemia de Covid-19 , o Centro de Controle e Prevenção de Doenças orienta as pessoas a vedaram seus detritos, remover rações de animais quando eles não estiverem mais comendo e manter as lixeiras bem cobertas. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários