Estados Unidos investem 1,2 bilhão em vacina experimental de Oxford
Agência Brasil
Estados Unidos investem 1,2 bilhão em vacina experimental de Oxford

Os Estados Unidos garantiram 3oo milhões de doses de vacina experimental contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) que está sendo produzid pela farmacêutica AstraZeneca com a Universidade de Oxford. Os norte americanos desembolsarão até US$ 1,2 bilhão na compra e em pesquisas.

Ainda em fase de testes, as vacinas são consideradas a única saída para retomar economias paralisadas pela crise da Covid-19.

Veja também: Covid-19: Presidente do Uruguai anuncia volta às aulas presenciais em junho

"Este contrato com a AstraZeneca é um marco importante no trabalho ​​em direção a uma vacina segura, eficaz e amplamente disponível até 2021", declarou o secretário de Saúde dos EUA, Alex Azar. As primeiras doses podem estar disponíveis nos Estados Unidos já em outubro, de acordo com o Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos EUA (HHS).

Leia mais: Ministro interino da saúde convida Nelson Teich para ser conselheiro da pasta

A vacina ainda está em fase de testes e não é comprovado que conseguirá garantir a imunidade desejada contra o vírus


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários