vacina
shutterstock
Segundo o secretário de saúde dos EUA, país terá uma vacina para a Covid-19 ainda em 2021

Os Estados Unidos encomendaram 300 milhões de doses da vacina experimental para a Covid-19 que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford (Reino Unido), com um aporte de US$ 1 bilhão para que o projeto seja acelerado. 

LEIA MAIS: Mortes por Covid-19 passam de 20 mil no Brasil

Ainda que os testes em seres humanos conduzidos pela empresa britânica AstraZeneca sejam recentes, o governo de Donald Trump optou pela reserva. Segundo as autoridades americanas, apenas a vacina fará a população retornar ao trabalho em segurança.

“O contrato com a AstraZeneca é um marco histórico no processo de aceleração para que tenhamos uma vacina efetiva e segura em 2021”, afirmou o Secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar.

A vacina AZD1222 está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford, em parceria com a AstraZeneca. Segundo os pesquisadores, a capacidade inicial do modelo experimental terá cerca de 1 bilhão de doses. Os primeiros milhões de doses devem chegar ao mercado em setembro. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários