wuhan
Reprodução
Wuhan detectou mais de uma dúzia de infecções assintomáticas por dia nos últimos dias


Os habitantes de Wuhan, cidade chinesa de onde surgiu o coronavírus , esperaram pacientemente em longas filas, enquanto as autoridades iniciavam uma campanha para testar toda a população para rastrear a doença.

Mais de três milhões de pessoas foram testadas desde abril, disse o governo local em comunicado, acrescentando que o objetivo era testar todo o restante para evitar a ameaça de uma segunda onda de infecções.

A prioridade será para habitantes que não foram testados antes e pessoas que moram em residências com casos anteriores de infecção ou propriedades antigas ou densamente povoadas, informou a Agência de Notícias Xinhua, citando uma reunião do governo de Wuhan.

O medo de uma segunda onda no momento em que empresas e escolas reabrem aumentou no fim de semana, depois que Wuhan relatou uma série de casos, o primeiro desde que o bloqueio foi suspenso em 8 de abril.

A cidade detectou mais de uma dúzia de infecções assintomáticas por dia nos últimos dias.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários