Rússia
Pixabay/Michel van der Vegt
Bandeira da Rússia

Nesta segunda-feira (11), a Rússia voltou a registrar mais de 10 mil novos casos diários do Covid-19 no país e ultrapassou Reino Unido e Itália na lista dos países mais atingidos pela pandemia, ficando atrás agora apenas de EUA e Espanha.

Leia também: Venezuela captura mais 11 mercenários contratados para sequestrar Maduro

Segundo informações das autoridades de Saúde da Rússia , 11.656 novas infecções pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) foram acrescentadas ao total, que agora já é de 221.344. EUA , com mais de 1,3 milhão, e Espanha , com quase 270 mil, são os dois primeiros no ranking de casos confirmados.

Tal aumento, que foi acompanhado de 94 novas mortes e elevou o total para 2.009, representa mais um marco na crise causada pela doença na Rússia: agora, já são nove dias consecutivos em que o país soma mais de 10 mil casos diários. Só em Moscou, capital e região mais afetada, foram mais de 6 mil registros nas últimas 24 horas, elevando o total a quase 116 mil

Leia também: Acidente em exercício naval no Irã deixa 19 mortos e 15 feridos

Por outro lado, as autoridades informaram que, até o momento, mais de 5,6 milhões de pessoas já foram testadas para o Covid-19 na Rússia , o que coloca o país como o segundo que mais testa no planeta, atrás apenas dos EUA (9,4 milhões).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários