putin
Reprodução
O índice de aprovação do presidente Vladimir Putin caiu para 59% em abril, segundo pesquisa



O descontentamento com a forma como a Rússia está lidando com a pandemia de coronavírus levou o índice de aprovação do presidente Vladimir Putin ao seu nível mais baixo em 20 anos no mês passado, segundo o principal órgão de pesquisa independente do país, o Levada Center.

O declínio contrasta com muitos outros líderes mundiais em meio à crise e ocorre quando a Rússia enfrenta dados cada vez mais sombrios que documentam a disseminação do coronavírus.

O governo registrou 10 mil novos casos em todo o país pelo quarto dia consecutivo nesta quarta-feira (06), elevando o total para quase 170 mil. A ministra da Cultura, Olga Lyubimova, se tornou o terceiro membro do gabinete que se sabe ter sido diagnosticado com a doença. Embora a pandemia parecesse ocorrer na Rússia mais tarde do que em muitos países ocidentais, o número de casos está dobrando a cada 10 dias - uma taxa de crescimento agora entre as mais altas do mundo.

O índice de aprovação de Putin caiu para 59% em abril, uma queda de quatro pontos em relação ao mês anterior e uma queda de 11 pontos em relação a outubro. Algo muito longe do apoio de quase 90% que ele desfrutou após a anexação da Crimeia, em 2014.

Dmitri S. Peskov, porta-voz do presidente, disse que o Kremlin não confiava nos dados da Levada. Os pesquisadores afiliados ao governo também mostram aprovação para Putin diminuindo nas últimas semanas, embora não atingindo o nível mais baixo.

O que preocupa muitos russos ainda mais do que o aumento de mortes é a situação econômica cada vez mais terrível, disse Leonid Volkov, vice-diretor do Levada. O Kremlin está fornecendo ajuda econômica limitada e a crise destacou a maior vulnerabilidade de Putin: suas lutas para resolver problemas domésticos.

Por causa da pandemia, Levada conduziu a pesquisa de abril por telefone, e não pessoalmente, como costuma fazer. A organização disse que, como os russos costumam criticar menos as autoridades por telefone do que pessoalmente, é possível que seus resultados tenham subestimado o declínio nas classificações de Putin.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários