Leitos vazios em hospital
Reprodução
Estados Unidos são o país mais afetado pela Covid-19

Um documento do Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos mostra que o número de mortes por dia causadas pela Covid-19 no país podem chegar a 3 mil até o fim de maio. De acordo com o departamento do governo, o número atual é de 2 mil óbitos a cada 24 horas. 

Ao jornal americano Washington Post , um professor de epidemiologia da Escola Bloomberg de Saúde Pública da Universidade Johns Hopkins disse que o relatório documento vazado à imprensa e tem como base em dados compilados pela Agência Federal de Gerenciamento de Emergências de um trabalho que aina estava em andamento.

Leia também: Em reunião com governos, Teich se compromete a fazer campanha por isolamento

Com a repercussão negativa, a Casa Branca minimizou o vazamento dos dados e afirmou se tratar de um documento interno que não havia sido coordenado com outras autoridades e ainda não tinha sido submetido à equipe do presidente  Donald Trump .

No domingo (3), Trump admitiu que o número de vítimas da doença nos Estados Unidos pode vir a passar de 100 mil. Inicialmente, o presidente previu de 60 mil a 70 mil mortes.

Leia também: "Não temos clareza se imunidade está ocorrendo", diz secretário do Ministério da Saúde

Mesmo que o dado não seja considerado oficial, um outro modelo estatístico que já mencionado pela Casa Branca como referência na contabilização das mortes e dos casos confirmados da Covid-19 fez uma revisão de suas estimativas.

De acordo com essa revisão, os óbitos podem dobrar nos EUA nos próximos meses, um prognóstico bem mais grave do que o quem vem sendo apontado pela equipe de Trump designada para lidar com a crise do novo coronavírus.

De olho nas eleições presidenciais em novembro, Trump vem pressionando autoridades pelo retorno à normalidade e pela reabertura da economia dos EUA.

    Veja Também

      Mostrar mais