Greta Thunberg, ativista climática, doou um prêmio de US$ 100 mil - equivalente a R$ 535 mil - que ganhou da Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) para a luta contra o novo coronavírus (Sars-coV-2).

Leia também: Brasil estaria achatando a curva de contágio da Covid-19, diz especialista

Greta Thunberg
Wikimedia Commons/Anders Hellberg
Greta Thunberg

Leia também: Quando a Covid-19 vai acabar? plataforma aponta previsões sobre fim da pandemia

"Assim como a crise climática, a pandemia do novo coronavírus é uma crise dos direitos das crianças. Afetará todas as crianças, agora e no longo prazo, mas os grupos vulneráveis serão os mais afetados", afirmou Greta Thunberg em um comunicado divulgado nesta quinta-feira (30).

Leia também: Nova aposta: hospitais dos EUA testam eficácia de antiácido contra Covid-19

A Human Act, ONG da sueca, também anunciou uma doação com o mesmo valor. "Peço a todos que deem um passo à frente e se unam a mim no apoio ao trabalho vital do Unicef para salvar as vidas das crianças, proteger sua saúde e continuar com sua educação", disse Greta Thunberg através de outro comunicado.

    Veja Também

      Mostrar mais