covid-19
Reprodução/TVNZ
A primeira-ministra Jacinda Ardern fala aos meios de comunicação durante uma conferência de imprensa



A Nova Zelândia começou a relaxar seu isolamento social, com a população podendo trabalhar, passar mais tempo fora de casa e pedir comida para viagem pela primeira vez em mais de quatro semanas.

A mudança das medidas de nível 4 para o nível 3 ocorreu quando Jacinda Ardern, a primeira-ministra, foi forçada a esclarecer que seu país não havia erradicado a Covid-19, mas estava trabalhando para sua eliminação.

Na segunda-feira (27), diversos veículos internacionais publicaram manchetes de destaque sobre a Nova Zelândia. Ela ter sido o primeiro país do mundo a erradicar a doença, depois que foram levados em consideração alguns comentários confusos por parte do governo.

"Eliminação não significa zero casos, significa tolerância zero para casos", disse Ardarn nesta terça-feira (28).

A transmissão da doença havia cessado, disse ela, mas casos isolados continuariam aparecendo e sendo "eliminados" até que uma vacina fosse encontrada. Os cientistas estavam trabalhando em uma vacina no exterior e no mercado interno, mas acreditava-se que um lançamento em massa estivesse a pelo menos um ano de distância, segundo a primeira-ministra.

Ashley Bloomfield, diretora geral de Saúde do país, disse que "a eliminação não é um ponto no tempo", mas algo que teria que ser consistentemente trabalhado.

"Nós não erradicamos o vírus, mas alcançamos o que queríamos alcançar em nosso objetivo contínuo de eliminação", afirmou.

Epidemiologistas que aconselham o governo sobre a estratégia de eliminação disseram que o vírus deve ser tratado como sarampo, com a aparência de qualquer caso tratado como perigoso e exigindo uma forte resposta da saúde pública, incluindo rastreamento rigoroso de contatos.

A Nova Zelândia registrou 1.122 casos confirmados de Covid-19 até terça-feira (29), incluindo 19 mortes, uma das mais baixas do mundo, enquanto 82% de todos os casos confirmados e prováveis ​​haviam se recuperado e nove pessoas estavam sendo tratadas no hospital - uma em UTI.

"Podemos dizer, com confiança, que não temos transmissão comunitária na Nova Zelândia. O truque agora é manter isso", disse Ardern, descrevendo o nível 3 como "a sala de espera".

A Nova Zelândia está mantendo várias políticas de distanciamento social com shoppings, pubs, cabeleireiros e outras áreas de compras públicas para permanecer fechada por pelo menos mais duas semanas .


    Veja Também

      Mostrar mais