Covid-19
Reprodução
Vírus pode ter contaminado até 50 vezes mais do que é catalogado pelas autoridades de saúde

Institutos de pesquisa em todo o planeta tentam entender mais sobre o comportamento do novo coronavírus (Sars-CoV-2) e sua letalidade. Uma forma de saber quantas pessoas foram afetadas pelo vírus sem manifestar sintomas é testar os anticorpos, a resposta do sistema imunológico contra o vírus.

LEIA MAIS: Brasil tem mais de 5 mil mortes por Covid-19; veja os números

Dois estudos recentes publicados na Califórnia (EUA) sugerem que o vírus pode ser muito menos letal do que é catalogado pelas autoridades de saúde. Os resultados sugerem que a taxa de infecção do vírus pode ser entre 50 e 85 vezes maior do que os números atestados por fontes oficiais. Neste caso, a taxa de mortalidade fica entre 0,1 e 0,2%, número próximo ao da gripe.

Segundo George Daley, reitor da escola de medicina da Universidade de Harvard, trata-se de uma boa notícia, mas os testes ainda precisam ser tratados como resultados preliminares. 

“Nenhum dos estudos foi revisado. Um deles aparece apenas em dados preliminares; o outro já não está mais disponível na internet”, afirma Daley. “Infelizmente, esses dados acabam caindo na mídia para que sejam utilizados por pessoas que querem acabar com o isolamento social”.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários