recorde
Reprodução
A partir do aniversário de 104 anos, Jack decidiu quebrar um recorde por ano para arrecadar fundos para entidades beneficentes



Um aposentado corajoso, conhecido por seus recordes durante o centenário, morreu aos 108 anos. Jack Reynolds, de Derbyshire, Reino Unido, quebrou quatro recordes mundiais do Guinness Book por caridade para marcar seus aniversários entre 104 e 107 anos.

A filha Jayne Goodwin, 59, disse que seu pai planejava lançar um recorde de sucesso este ano para marcar seu aniversário de 108 anos . Ele morreu na tarde de sábado 925), depois de uma queda em dezembro do ano passado. "Haverá um grande vazio, mas ele deixou seu legado", disse ela.

Aos 102 anos, ele foi uma das pessoas mais velhas a participar do desafio do balde de gelo, arrecadando dinheiro para pesquisas sobre doenças dos neurônios motores.

Seu primeiro recorde mundial chegou aos 104 anos em 2016, quando se tornou a pessoa mais velha a fazer uma tatuagem . Além disso, Reynolds comemorou seu aniversário de 105 anos ao se tornar a pessoa mais velha a andar de montanha-russa e, em 2018, ele se tornou a pessoa mais velha a andar de tirolesa.

Reynolds quebrou seu último recorde no ano passado, quando se tornou a pessoa mais velha a se apresentar como artista coadjuvante em um programa de TV.

Jack teve quatro filhos - dois homens e duas mulheres -, oito netos, 20 bisnetos e três tataranetos.



    Veja Também

      Mostrar mais