Na última quarta-feira (22), a Organização Mundial da Saúde afirmou que a América Latina está prestes a experimentar o pior momento da pandemia do novo coronavírus (Sars-coV-2) e que os países da região devem expandir suas capacidades de detecção da Covid-19 .

Leia também: Mortes por Covid-19 chegam a 1.134 em São Paulo

covid-19
Pixabay
covid-19

"O epicentro da epidemia está se mudando da Europa para as Américas, o que nos deu tempo para nos preparar para o que está por vir", disse Cristian Morales, representante no México da Organização Mundial da Saúde ( OMS ) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), em uma entrevista coletiva virtual.

Leia também: Covid-19: vírus pode permanecer no ar por até 16 horas, sugere nova pesquisa

"O que não é tão positivo e que não podemos esquecer é que estamos prestes a experimentar o pior momento da epidemia na região e no México", acrescentou.

Leia também: Vacina experimental da Covid-19 poderá ficar pronta em semanas

Morales também orientou que os países expandam suas capacidades de diagnóstico do novo vírus em escala nacional, além de manter o distanciamento. Até a última quarta (22), a América Latina tem114.729 casos confirmados da Covid-19 e 5.731 mortes. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários