Covid-19 arrow-options
Pixabay
Covid-19 já matou mais de 47 mil pessoas nos Estados Unidos, contaminando 845 mil

Um americano foi preso, perdeu o emprego e ficou de fora de seu programa de mestrado após publicar a falsa notícia de que havia contraído a Covid-19 no Facebook. De acordo com Michael Lane, o autor do post, tratava-se apenas de um experimento social.

LEIA MAIS: Indonésia: 15 mil alunos fogem antes de vila ser isolada

Michael publicou que contraiu a Covid-19 antes das leis de isolamento passarem a vigorar em seu condado, no Texas. De acordo com ele, muitos amigos entraram em contato para saber se estava tudo bem. Para estas pessoas, Michael desmentiu que teria contraído o novo coronavírus (Sars-CoV-2) e explicou o experimento.

“Sou bacharel em comunicação em massa. Queria mostrar como é fácil enganar pessoas pelas redes sociais”, disse o rapaz. “Queria provar que as pessoas devem ficar bem informadas”.

Os cidadãos ficaram assustadas, e a polícia entrou em contato com Michael para pedir que sua postagem no Facebook fosse alterada, informando sobre o experimento social. A medida não agradou o promotor criminal do condado, que pediu sua prisão por alarme falso.

Michael se entregou e teve que passar a noite na delegacia, uma vez que o juiz chegaria apenas no dia seguinte. Ele acabou sendo encaminhado para sua residência, onde aguarda o julgamento. 


    Veja Também

      Mostrar mais