notre dame
Reprodução
A destruição do local, famoso em livros e filmes, causou comoção internacional


Hoje em dia, quando o vento sopra em torno de Notre Dame, estranhos sinos enchem o ar. É uma harmonia fantasmagórica , feita pelos buracos da antiga estrutura medieval, deixada pelo fogo há exatamente um ano.

Durante a maior parte de 2019, essa sinfonia foi abafada pelo barulho das obras, pelos turistas e pelo tráfego em torno da catedral. Mas, agora, esse gigante gótico permanece silencioso e vazio .

Os guindastes penduram desajeitados e congelados acima de seus andaimes, e o fluxo habitual de turistas fazendo fila para selfies fora se foi. As restrições existentes para lidar com o coronavírus fizeram com que todo o trabalho de restauração parasse.

Ironicamente, é um conjunto de andaimes antigos, acondicionados diante do fogo para restaurar algumas das estátuas da catedral, que representa a ameaça imediata . Queimado e retorcido no incêndio, agora precisa ser desmontado e retirado.

Longe dali, artesãos especializados em toda França têm trabalhado na arte e nos móveis salvos do fogo. É um vasto esforço nacional para minimizar o que está perdido. 

Pesquisadores do Centro de Pesquisa Científica Nacional (CNRS), de Paris, estão criando um modelo digital de todas as pedras e vigas, para ajudar no trabalho de restauração . Cada um objeto tem suas próprias particularidades, às vezes, sua própria assinatura medieval. É a tecnologia dos séculos 12 e 21 se unindo.

Ideias para a aparência do novo pináculo e telhado já estão surgindo . Arquitetos internacionais têm enviado projetos com espelhos, painéis solares ou uma vasta extensão de vitrais.

Um rosto em mudança para uma identidade antiga. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários