candidato democrata Joe Biden acusação abuso sexual arrow-options
Reprodução/Instagram Joe Biden
Ex-vice presidente e atual candidato democrata Joe Biden

O ex-vice presidente e atual candidato às eleições presidenciais dos Estados Unidos, o democrata Joe Biden foi acusado de abuso sexual por uma ex-funcionário do Congresso estadunidense, chamada Tara Reade. O caso teria ocorrido em 1993, quando ela tinha 29 anos, e Tara alega que “ele me jogou contra a parede, colocou a mão por baixo da minha saia e me penetrou com os dedos”.

Leia também: Coronavírus no Brasil: acompanhe a situação no País em tempo real

"Eu não tive coragem de falar sobre isso antes... As palavras simplesmente não saíram", afirmou Tara. Sua alegação contra Joe Biden foi publicada na manhã desta segunda-feira (13) pelo jornal estadunidense The Washington Post .

No ano passado, Tara já havia, junto com outras mulheres, relatado situações em que Joe Biden as deixava desconfortáveis, fazendo massagem ou dando abraços sem permissão.

"Conforme o tempo passou, eu fui me sentindo mais forte e pude falar a verdade. Eu percebi que precisava fazer isso", afirmou a ex-funcionária do Congresso.

Leia também: De gripezinha a "não é tudo isso": vezes em que Bolsonaro minimizou coronavírus

Tara realizou uma acusação formal contra o candidato democrata junto com a polícia. Ela afirma que recebeu ameaças após contar a história e por isso queria que as autoridades soubessem do que aconteceu. 

Além do relato de Tara, seu irmão, Collin Moulton, e uma amiga que também trabalhavam no Congresso afirmam que ela contou na época o episódio de abuso sexual .

Contudo, a campanha de Joe Biden nega as acusações. A porta-voz da campanha, Kate Bedingfield,  afirma que “o vice-presidente dedicou toda a sua carreira à missão de mudar a cultura e as leis acerca da violência contra as mulheres".

"Ele acredita firmemente que as mulheres têm o direito de serem ouvidas respeitosamente. Acusações como esta devem ser investigadas por uma imprensa independente. O que está claro é que esta acusação é falsa. Isso não aconteceu" afirmou.

Leia também: Profissionais de enfermagem são agredidos a caminho do trabalho em São Paulo

Joe Biden é o único candidato democrata que segue na disputa para concorrer contra o atual presidente Donald Trump nas eleições presidenciais dos Estados Unidos em novembro deste ano.


    Veja Também

      Mostrar mais