Mesquita Nizammudin Markaz foi foco de transmissão do novo coronavírus na Índia
Reprodução
Mesquita Nizammudin Markaz foi foco de transmissão do novo coronavírus na Índia


Pelo menos 400 pessoas que participaram de um evento religioso na Índia foram diagnosticadas com covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A reunião promovida pela congregação islâmica Tablighi Jammat ocorreu no início de março e virou foco de transmissão do vírus.

“Nós fomos informados da ligação da congregação Tablighi Jammat com casos de covid-19 no estado de Telangana. Desde então, estamos realizando um intenso processo de rastreamento e amostragem de contatos nos estados para os quais os participantes desse evento viajaram. Até o momento, pelo menos 400 casos positivos foram identificados nesses estados, que estão ligados à Nizammudin Markaz (mesquita que é o centro global da congregação)”, afirmou Lav Aggarwal, secretário adjunto do Ministério da Saúde.

Leia também: Presidente das Filipinas manda polícia matar quem furar a quarentena

De acordo com Aggarwal, testes adicionais  em andamento podem aumentar ainda mais o número de casos vinculados a essa reunião. Cerca de 9 mil pessoas, entre membros do Tablighi Jamaat que participaram dos encontros e aqueles com os quais eles tiveram contato, foram colocados em quarentena.

O encontro que espalhou o novo coronavírus foi uma tradicional conferência anual, que começou no dia 3 de março. Estrangeiros participaram do evento, e a suspeita é de que eles tenham sido os responsáveis pela transmissão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários