Estados Unidos quer acordo entre Juan Guaidó e Maduro arrow-options
Reprodução/Twitter Juan Guaidó
Estados Unidos quer acordo entre Juan Guaidó e Maduro


O Ministério Público (MP) da Venezuela convocou o presidente autoproclamado Juan Guaidó para depor em audiência marcada para quinta-feira (2). Na ocasião, ele responderá sobre acusações de tentativas de golpe de Estado e magnicídio (assassinato de pessoa imporante) contra o presidente eleito Nicolás Maduro .

Uma investigação sobre os possíveis crimes por Guaidó foi aberta pelo MP durante a semana passada. A convocação para o depoimento foi feita nesta terça-feira (31), mesmo dia em que Mike Pompeo, Secretário de Estado dos Eua, deve apresentar um plano para formar um “governo de transição” na Venezuela.

Leia também: Incêndio florestal deixa 19 mortos e ameaça cidade da China

“Queremos informar que, como parte da investigação iniciada na semana passada por tentativa de golpe de Estado e magnicídio, emitimos uma convocação para que compareça ao Ministério Público na proóxima quinta-feira o cidadão Juan Guaidó”, avisou o procurador-geral Tarek William Saab, em comunicado exibido pela TV estatal VTV.

Segundo a agência de notícias Associated Press, A proposta articulada por Pompoe deve envolver a suspensão de sanções contra a Venezuela, desde que Maduro e Guaidó cedam o poder a um conselho de estado que governaria o país até a realização de eleições no final de 2020.

    Veja Também

      Mostrar mais