Putin pode ficar no poder até 2036
Reprodução/Twitter/KremlinRussia_E
Putin pode ficar no poder até 2036


A Justiça da Rússia autorizou nesta segunda-feira as mudanças de lei que permitem a candidatura de  Vladimir Putin nas duas próximas eleições presidenciais. Segundo a avaliação do Tribunal Constitucional, as propostas do pacote de reforma, assinado pelo presidente , estão de acordo com a constituição do país.

As alterações já haviam sido aprovadas pelo Parlamento na última quarta-feira (11). A aplicação das novas regras, no entanto, ainda dependem do resultado de um referendo , marcado para o próximo dia 22 de abril.

No poder há mais de 20 anos, como presidente ou primeiro-ministro, Putin está no segundo mandato presidencial consecutivo, com término previsto para 2024. Conforme o determinado pela lei atual, ele não poderia se reeleger após o fim do atual mandato.

Leia também: União Europeia propõe fechar todas as fronteiras devido ao coronavírus

Se a nova emenda for aprovada também pelo povo, o político poderá concorrer em 2024 e 203, com a possibilidade de ficar no poder até 2036, quando terá 83 anos. Cada mandato presidencial na Rússia dura  seis anos.

Conflitos

A possibilidade está é vista com bastante temor pela oposição, que denuncia o pacote de reformas com um ato de manipulação e um “golpe de Estado”. Protestos já estão sendo organizados por todo o país.

Apesar de toda a mobilização, Putin vinha sendo cautelosa ao tratar do assunto, e chegou a afirmar, em janeiro, que não desejava “uma regressão aos tempos da União Soviética”.

Na última terça-feira (10), ele mudou o discurso e disse que “nos tempos da URSS nção houve eleições, tudo era decidido em segredo ou como resultado de procedimentos ou intrigas internas do partido. Agora a situação é completamente diferente, precisamos ir às urnas”.

    Veja Também

      Mostrar mais